Empreendimentos econômicos solidários: implicações da ação externa

  • Ataualpa Luiz de Oliveira UFSJ - Universidade Federal de São João del Rei

Resumen

Ações da economia solidária são entendidas por muitos como formas mais solidárias de produzir e distribuir bens e serviços materiais e imateriais. De modo geral, esses empreendimentos são apoiados/assessorados por pessoas ou entidades denominados como agentes, apoiadores, mediadores. A priori, esses agentes se vinculam aos empreendimentos com intuitos que vão desde trabalhos assistencialistas, até intervenções que buscam uma gestão participativa plena.  No âmbito desse texto, que possui contornos bibliográficos, objetiva-se discutir a prática dos agentes/mediadores junto aos empreendimentos econômicos solidários no processo de gestão desses grupos. A relevância deste estudo é evidenciada pelo grande número de empreendimentos que necessitam da atuação de apoiadores seja para se instituir e se manter, por meio de financiamento, assessoria, organização e, ou na gestão das atividades. Conclui-se que o debate do processo de apoio seja constante, pois, dependendo da forma de sua atuação podem ocorrer problemas relacionados à construção da autogestão e de sua apropriação.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Publicado
08-06-2011
Cómo citar
Oliveira, A. L. de. (2011). Empreendimentos econômicos solidários: implicações da ação externa. Otra Economía, 3(5), 61-71. Recuperado a partir de https://revistaotraeconomia.org/index.php/otraeconomia/article/view/1158
Sección
Economía Social y Solidaria: contribuciones teóricas