Experiência das mulheres da Rede Xique Xique: análise dos avanços socioeconômicos

  • Carine De Jesus Santos Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, Brasil
  • Letícia De Souza Amaral Mestranda do Programa de Pós Graduação em Estudos Urbanos e Regionais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, Brasil
  • Cimone Rozendo de Souza Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, Brasil
Palabras clave: mulheres, Rede Xique Xique, socioeconômica

Resumen

A presente pesquisa visa analisar como tem se dado as contribuições da Rede Xique Xique (RXX) para formação socioeconômica das mulheres que a integram. Para construção deste trabalho, contou-se com ferramentas qualitativas, baseadas na revisão bibliográfica e documental. Além disso, foi desenvolvido um estudo de caso, a partir de entrevistas semiestruturadas, no ano de 2017, com seis agricultoras da Rede. Essas residem em comunidades rurais dos municípios de São Miguel do Gostoso, Mossoró, Tibau e Grossos, no estado do Rio Grande do Norte/Brasil. A pesquisa demonstrou que as relações de poder são modificadas no interior da família e na comunidade, quando as mulheres passam a desenvolver uma atividade remunerada, por mínima que seja a renda acessada. Esta condição, influencia a sua forma de se posicionar diante das escolhas e institui novos parâmetros para as suas relações sociais. Dessa maneira, constata-se que por meio da participação na Rede, elas passaram a estabelecer novas relações socioeconômicas, que foram determinantes para que pudessem atribuir novos sentidos às suas vidas.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Publicado
29-11-2019
Cómo citar
Santos, C., Amaral, L., & Rozendo de Souza, C. (2019). Experiência das mulheres da Rede Xique Xique: análise dos avanços socioeconômicos. Otra Economía, 12(22), 253-264. Recuperado a partir de https://revistaotraeconomia.org/index.php/otraeconomia/article/view/14828
Sección
Sección Especial: Las Otras Economías en perspectiva de género